Diálogo e democracia, pede Bolsonaro no Mercosul

366
Reprodução: Google.

O presidente Jair Messias  Bolsonaro discursou na manhã desta quinta-feira (2), na 56ª Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul. Por conta da pandemia do novo coronavírus, o evento aconteceu por meio de videoconferência.

No começo de sua fala, o presidente destacou a importância do bloco sul-americano para a aprovação da agenda de reformas no Brasil e para uma melhor inserção do país no continente e no resto do mundo.

– No esforço da construção de um país mais próspero, buscamos também mais, e melhor, inserção na região e no mundo, e o Mercosul é nosso principal veículo para essa inserção – destacou.

O chefe do Executivo também lembrou a importância do diálogo para desfazer o que ele chamou de “opiniões distorcidas” sobre o Brasil e mostrar as ações realizadas pelo governo em áreas como a proteção da Amazônia e o bem-estar dos indígenas.

– Nosso governo dará prosseguimento ao diálogo com diferentes interlocutores, para desfazer opiniões distorcidas sobre o Brasil e expor as ações que temos tomado em favor da proteção da Floresta Amazônica e das populações indígenas – afirmou.

Por fim, Bolsonaro fez um relato sobre a  situação da Venezuela e disse ser esperançoso de que o país retome “o caminho da liberdade”. O presidente ainda destacou a necessidade do bloco em manter o compromisso de defender a democracia.

– Continuemos todos a defender, de modo incansável, o compromisso do Mercosul com a democracia, que é um dos pilares do nosso bloco e da nossa região – finalizou.

Fonte: Pleno news

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui