“Antifas”, os novos democráticos da mídia brasileira

462
Reprodução: Facebook.

Os Antifas são grupos de esquerda, que tem como bandeira a defesa contra o fascismo( que por muito teimarem, também é de esquerda, visto Hitler ser um populista alemão que defendia justamente o que a esquerda hoje diz defender).

Eles atuam com táticas de militância em protestos expondo identidades de nazistas e fascistas e realizam manifestações contra a extrema direita.

Na verdade a sua bandeira é uma desculpa para poderem tumultuar e no final pousarem de “coitadinhos” nas mídias, atacam polícias mas ao revidamento choram, pois esperam das mesmas , que joguem flores como resposta ao ataque( sic ).

Hoje ( domingo 31) não foi diferente, onde grupos se reuniram em diversas cidades tentando barrar as manifestações pró- governo ( Bolsonaro), claro que, a situação não poderia ser diferente do que a esquerda já demonstrou ser capaz de fazer: confrontos com a polícia. Não esquecendo de relatar que até algumas torcidas organizadas de time de futebol entraram no meio( acho que era a saudade de apanhar da polícia rsss)

Qual foi o papel da mídia? Mostrar que apesar dos pesares esse movimento era o “democrático” e o outro o que pautava a antidemocracia, como assim mesmo o próprio presidente Bolsonaro postou em seu twitter:

Então, não resta dúvida qual lado está como o mais democrático realmente, resta você tirar as suas conclusões, talvez eu ajudei um pouco.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui